O Observatório do Cidadão para Saúde (OCS) lançou, na segunda-feira (08), em Maputo, o II Relatório Sobre a Implementação do Despacho Ministerial referente à Eliminação da Barreira da Indumentária no Acesso às Unidades Sanitárias (US). Uma das constatações do relatório, com cerca de 20 páginas, indica que 79% das pessoas vítimas de proibição de acesso aos serviços de saúde em função da indumentária são mulheres.

“As mulheres são as principais vítimas da proibição do acesso às unidades sanitárias em função da indumentária”, disse Clélia Pondja Liquela, coordenadora do Centro de Análises em Políticas de Saúde do OCS.

Ler o relatório completo aqui

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

× Fale connosco